EDUCAÇÃO/CULTURA

ADELINO CALADO É O DIRETOR QUE REVOLUCIONOU A ESCOLA SECUNDÁRIA DE CARCAVELOS.

28/01/2019 1
Quando assumiu a direção da escola, esta tinha os piores resultados de todo o concelho de Cascais: a taxa de retenção chegava aos 50%, havia problemas de indisciplina, de droga, de atrasos, de não-aproveitamento. Hoje, tudo isto praticamente desapareceu.

Conversei com o professor Adelino Calado, que é diretor do Agrupamento de Escolas de Carcavelos desde 2003, quando a tirou quase da extinção e tornou numa Escola boa para se aprender e de frequentar. O diretor ficou conhecido por tomar medidas radicais e renovadoras depois de ouvir os que os alunos tinham a dizer. 

 

Na entrevista filmada ele conta-nos como surgiu a iniciativa de revolucionar o sistema que era conservador e já não resultava. Essas medidas que vão desde acabar com os TPC, eliminar os toques de entrada, esquecer os exames, admitir os telemóveis na aula e substituir os manuais por tablets mudaram totalmente a escola e os alunos que se tornaram mais autónomos. 

 

Apesar de já fazer isso há 15 anos, ele afirma que muitos ainda se surpreendem como se fosse novidade. São dois mil alunos, desde o jardim de infância ao 12º ano e contou, além desses, com o engajamento dos pais e professores.

 

 

Para o diretor, o que os jovens precisam mais é expressar-se, conversar. Dar-se socialmente com os outros. Ele exemplifica que nas empresas os empregadores não procuram quem sabe muito, procuram quem se sabe comportar socialmente. Ainda diz que isso os jovens hoje não aprendem, porque a paciência, o saber ouvir, o saber conversar, é pouco trabalhado nas escolas. 

 

Os pais não falam com eles, eles também não falam uns com os outros, e portanto têm hoje imensas dificuldades na socialização. Quanto o que se faz bom professor, a opinião de Calado é a paciência e o saber ouvir. “Sem estas qualidades, dificilmente conseguirá entrar no mundo dos seus alunos”, afirma. 

 

Senhor treinador 

 

Adelino Calado formou-se em educação física, e em artes no IADE. Foi jogador de andebol de alta competição, presidente do Clube de Sassoeiros e da Federação Portuguesa de Corfebol, e responsável pela formação de treinadores da Federação Portuguesa de Andebol. Hoje é Diretor do Agrupamento de Escolas de Carcavelos (oito escolas agregadas à escola sede). Em 2003, quando passou à direção da escola, esta tinha os piores resultados de todo o concelho de Cascais: a taxa de retenção chegava aos 50%, havia problemas de indisciplina, de droga, de atrasos, de não-aproveitamento. Hoje, tudo isto praticamente desapareceu, e o agrupamento subiu no ranking. O diretor defende que isto é obra de todos os que acreditaram e se envolveram.



28/08/2018 1

O 'Nariz Preto' de Pedro Tochas vai a 17 municípios da Região de Coimbra


SOBRE

Andrea Duarte
Andrea Duarte

Jornalista há 20 anos, no início da carreira foi repórter noticiarista no SBT (Sistema Brasileiro de Televisão), em seguida trabalhou na Assessoria de Imprensa na Assembleia Legislativa do Estado de SP  e na Câmara dos Deputados, em Brasília.
Acumulou funções como editora/apresentadora e correspondente internacional.
Luso-brasileira (paulistana), vive em Lisboa há dez anos. Desenvolve projetos na área de Comunicação, produz reportagens, é editora do Jornal Vidas Lá Fora (impresso e digital), mantem um público ativo com 17 mil seguidores no Instagram @eu_andreaduarte, onde partilha momentos, lugares e os principais acontecimentos luso-brasileiros. Em 2017 fundou a AMEE - Associação das Mulheres Empreendedoras no Exterior com 600 participantes. São vinte anos a serviço da informação e conectando pessoas. 



​* Bacharel em Comunicação Social (FIAM), Pós-Graduada em Administração e Marketing pela (FMU) e Mestre em Ciência da Comunicação pela Universidade Lusófona, em Lisboa.

@eu_andreaduarte

dreaduarte@gmail.com


2 COMENTÁRIOS

  • Maria Joao Mendes

    29/01/2019

    Meus sobrinhos andaram lá em 2006 e sentimos a diferença com a nova direção. Parabéns a todos.

  • Joana Cunha

    29/01/2019

    Como bem disse o diretor: “o mundo muda, a escola também tem que mudar”. Quem me dera ter tido a sorte de andar numa escola com uma administração que pensa e pratica essas medidas. Um Bem- haja, sr diretor!


DEIXE SEU COMENTÁRIO